Exames

Translocação BCR-ABL (CP-PCR)

Orientação para Exames
Jejum não obrigatório. O exame só deve ser feito de 2ª a 4ª feira na unidade do edifício Meddi exceto véspera de feriado. Recomenda-se enviar ao setor técnico pedido médico ou informação constando o motivo da realização do exame (Diagnóstico ou monitorizarão de doença residual mínima) e fase do tratamento, se houver. O envio deve ser realizado impreterivelmente no dia da coleta para respeitar o prazo estipulado de conservação da amostra. Este exame deve ser agendado com um bioquímico/biomédico. NOTA: - Neste ensaio e feita a extração de RNA seguida de RT-PCR MULTIPLEX Qualitativa para identificação de transcritos BCR-ABL (b3a2, b2a2 ponto de quebra dentro da região M-bcr/p210 e e1a2 - ponto de quebra na região m-bcr/p190). - Cerca de 95% dos casos de LMC apresentam o gene de fusão BCR-ABL e 5-8% de crianças-adolescentes e adultos jovens com LLA. Este exame e utilizado para determinação da presença da fusão BCR-ABL no momento do diagnostico, e não deve ser utilizado para realizar o monitoramento dos níveis de BCR-ABL em pacientes com diagnostico prévio da presença da fusão. Para monitoramento dos níveis da fusão p210, favor solicitar o exame translocação BCR-ABL quantitativo. A sensibilidade do teste e de 10-3. O gene constitutivo BCR e utilizado como controle interno para teste qualitativo de síntese de cDNA de cada amostra. Amostras positivas para os transcritos e1a2, b3a2 e b2a2 são incluídos como controles positivos. Exame realizado em parceria com o Laboratório Progenetica.
Acompanhe nossas redes sociais
2018 - 2020. Biocenter. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital