Síndrome de Ramsay Hunt - O que você precisa saber sobre a doença?



A catapora, uma doença infecciosa muito comum em crianças que é causada pelo vírus Varicela-Zoster (VVZ), que também é conhecido como herpes zoster ou herpes-vírus humano 3 (HHV-3). No entanto, nas últimas semanas, este vírus também ganhou destaque nos canais de comunicação quando um jovem cantor revelou que a infecção por este vírus paralisou um lado de sua face.


Estamos falando da Síndrome de Ramsay Hunt


A criança que é infectada pelo vírus da catapora fica imune à doença. Porém, o vírus permanece dormente em seu corpo e pode ser reativado espontaneamente ou por um fator conhecido como outra infecção, queda da imunidade ou estresse.


Sob essas condições, o vírus reativado promove a inflamação do um conjunto de células nervosas próximas da medula espinhal (gânglio da raiz dorsal) e se espalha pela pele e outros órgãos de acordo com o dermátomo associado. Os dermátomos são áreas da pele que compartilham uma origem com o nervo sensorial. E no caso da Síndrome de Ramsay-Hunt, o vírus se espalha pelos nervos facial e auditivo promovendo paralisia facial.


Quais são os sintomas desta síndrome?


Embora os sinais clínicos possam variar em cada caso geralmente ocorre paralisia facial, que pode ser acompanhada por perda auditiva, zumbido no ouvido (tinitus) e vertigem.


Esses sintomas surgem devido à reativação do vírus no gânglio geniculado e subsequente inflamação e compressão do nervo facial. No entanto, os primeiros sintomas parecem estar associados à uma infecção viral ou uma infecção do trato respiratório superior.


Além disso, ocorre uma dor intensa no ouvido, hipotonia aguda da face e o surgimento de vesículas (“bolhas”) no ouvido, face, boca e pescoço. No entanto, a doença também pode se manifestar na ausência dessas erupções.


Como é feito o seu diagnóstico e tratamento?


Seu diagnóstico geralmente é baseado nos sintomas e leva em consideração a relação temporal entre a paralisia facial e a presença das bolhas características da herpes-zóster (“cobreiro”).


Quando as bolhas antecedem ou ocorrem simultaneamente à paralisia facial é mais fácil de se chegar ao diagnóstico da doença. No entanto, este pode ser dificultado ou confundido quando as bolhas não são tão perceptíveis ou ocorrem de maneira tardia à paralisia.


Além disso, exames que avaliam a presença do DNA do vírus ou de anticorpos contra o vírus Varicela-zóster podem auxiliar no diagnóstico da doença.


Atualmente, o tratamento utilizado consiste na combinação entre corticoides e fármacos antivirais. No entanto, muitos estudos ainda apontam resultados inconclusivos quanto ao tratamento. Nesse sentido, compreender os sintomas e os mecanismos da doença podem ajudar inclusive na busca de novas estratégias terapêuticas.


Lembrete: Os exames só devem ser realizados após avaliação e indicação médica.


Nós, do Laboratório Biocenter, assumimos o compromisso de trazer informações relevantes e atuais para você. Estamos prontos para lhe atender e garantir os melhores resultados em exames laboratoriais.

Referências:


Karneva M, Jones S, Pitkaranta A (2020). Ramsay Hunt syndrome: characteristics and patient self-assessed long-term facial palsy outcome. European Archives of Oto-Rhino-Laryngology.


Monsanto R. C, Bittencourt A. G, Neto N. J. B, Beilke S. C. A, Lorenzetti, F. T. M, Salomone R (2016). Treatment and prognosis of facial palsy on Ramsay Hunt Syndrome: results based on a review ot the literature. Internationa Archives of Otorhinolaryngology.


14 visualizações