Nutrição materna - Importância da vitamina B12 para a função cognitiva do bebê


Quando a mulher descobre que está grávida é indicado o acompanhamento médico durante toda a gestação para cuidar da saúde da futura mamãe, assim como de seu bebê.


O cuidado pré-natal ajuda a identificar possíveis doenças antes do aparecimento dos sintomas e definir o melhor tratamento caso seja necessário. Além disso, orienta a gestante sobre alguns cuidados que ela deve ter durante a gravidez, como a alimentação.


A nutrição materna influencia a saúde e o desenvolvimento do seu bebê antes mesmo da sua concepção. Ou seja, os nutrientes provenientes da mãe contribuem para a implementação do embrião no útero e o desenvolvimento da placenta, que permite a passagem de nutrientes da mãe para o bebê.


Mas, a importância da alimentação materna continua após o nascimento e durante a amamentação, quando o bebê passa a receber os nutrientes essenciais para o seu crescimento por meio do leite materno.


A importância da vitamina B12


A vitamina B12 (cobalamina) faz parte do complexo vitamínico B, um conjunto de vitaminas solúveis em água, obtida principalmente por meio da ingestão de carnes, peixes e ovos.


A absorção da vitamina B12 ocorre no nosso sistema digestivo e requer a participação de um fator produzido pelas células do estômago, o Fator Intrínseco. Esse fator funciona como um transportador e auxilia na absorção da vitamina no final do intestino. Em pessoas que passaram pela cirurgia bariátrica, a produção do fator intrínseco pode ser prejudicada e a absorção da vitamina B12 comprometida. Por isso, estas pessoas devem estar atentas aos níveis desta vitamina.


A vitamina B12 desempenha várias funções, dentre elas, atuar como coenzima de reações químicas envolvidas na síntese de metionina, um aminoácido essencial para o nosso organismo.


Além disso, desempenha funções metabólicas importantes, principalmente relacionadas ao metabolismo de lipídios e proteínas, e participa da produção da hemoglobina (proteína responsável pelo transporte de oxigênio no sangue).


A vitamina B12 é essencial para o cérebro


Outra função muito importante da vitamina B12 está relacionada ao desenvolvimento do sistema nervoso. Esse complexo sistema inicia o seu desenvolvimento ainda na vida intrauterina e se estende por alguns anos após o nascimento do bebê.


Ao longo desse processo, ocorrem períodos significativos de rápido crescimento e alterações estruturais. Nesses períodos críticos do desenvolvimento, as necessidades metabólicas e nutricionais aumentam, o que deixa o bebê mais vulnerável aos estímulos do ambiente, como a alimentação materna.


Diversos estudos têm demonstrado como a nutrição materna pode interferir no desenvolvimento do cérebro do bebê. A deficiência materna da vitamina B12, por exemplo, deixa o bebê mais susceptível ao parto prematuro e ao comprometimento da função neurológica. Mas, são poucos os estudos que avaliam o efeito da deficiência desta vitamina na infância.


Um estudo recente acompanhou o desenvolvimento de crianças até os 10 anos de idade e demonstrou que a falta da vitamina B12 compromete o raciocínio lógico, ou seja, as habilidades matemáticas, da criança.


Outro achado interessante deste estudo envolve os processos de fala e linguagem! As crianças de mães com deficiência da vitamina B12 parecem ser menos compreendidas do que os filhos de mães saudáveis. Esses resultados sustentam outras pesquisas que sugerem que a suplementação da vitamina B12 durante o segundo trimestre gestacional pode causar uma melhora significativa no desenvolvimento da fala.


A vitamina B12 é obtida principalmente pela ingestão de alimentos de origem animal. Por isso, pessoas com hábitos alimentares vegetarianos ou veganos, podem apresentar deficiência dessa vitamina. Diante disso, é necessário informar as gestantes das consequências de uma dieta pobre em B12 para a saúde do bebê. Nestes casos, é importante acompanhar os níveis da vitamina durante a gestação e, se necessário, o médico de confiança pode indicar suplementos que ajudem a suprir a sua deficiência.


Lembrete: Os exames só devem ser realizado após avaliação e indicação médica.


Nós, do Laboratório Biocenter, assumimos o compromisso de trazer informações relevantes e atuais para você. Estamos prontos para lhe atender e garantir os melhores resultados em exames laboratoriais.

Referência:


Aires, M. Fisiologia. 4ª edição (2012). Ed. Guanabara Koogan.


Cortés-Albornoz M. C, García-Guáqueta D. P, Velez-van-Meerbek A, Talero-Gutiérrez C (2021). Maternal nutrition and neurodevelopment: a scoping review. Nutrients.


Golding J, Gregory S, Clark R, Iles-Caven Y, Ellis G, Taylor C. M, Hibbeln J (2021). Maternal prenatal vitamin B12 intake is associated with speech development and mathematical abilities in childhood. Nutrition Research.


176 visualizações