top of page

Doença tuberculosa ou tuberculose latente como diagnosticar e tratar?




Apesar das evidências provarem que a doença tuberculosa já existia desde tempos pré-históricos, foi importante para melhor diagnóstico e tratamento a descoberta, em 1882, de Robert Koch que anunciou para comunidade científica o bacilo de Koch (Mycobacterium tuberculosis). A bactéria causadora da Tuberculose.


Tuberculose infecciosa x doença tuberculosa


Existe uma diferenciação importante entra a tuberculose infecciosa ou latente e a doença tuberculosa, respectivamente sendo na fase ativa ou não da doença. Quando é relatado uma tuberculose latente está sendo abordado um indivíduo infectado, porém a infecção foi contida por seu sistema imune tornando-os assintomáticos e não sendo possível infectar outros indivíduos. Esse processo ainda é chamado de tuberculose infecciosa porque a ausência de sintomas e a não possibilidade de transmissão não anulam o fato de o indivíduo estar infectado e por conta disso ainda precisam receber tratamento. A justificativa do tratamento está diretamente associada a possibilidade de superação do sistema imune pelo Mycobacterium tuberculosis após um período da doença latente, tornando-se doença tuberculosa de fato.

A doença tuberculosa corresponde a doença de fato com apresentação sintomatológica e possibilidade de transmissão.


Como ocorre a transmissão da tuberculose?


A transmissão da tuberculose é por via respiratória, gotículas de saliva são expelidas pelo paciente (com a doença ativa) ao falar, tossir e espirrar e essas gotículas são inaladas por outras pessoas. Sendo assim, é uma transmissão direta de pessoa a pessoa, e não é considerado objetos pessoais como forma de transmitir a doença pela impossibilidade após serem depositados nos objetos serem expelidos para o ar. As pessoas que entraram em contato com pacientes com a doença ativa são consideradas indivíduos em risco de infecção sendo indicados ao teste.


Como é realizado o diagnóstico?


O diagnóstico da tuberculose é subdivido em diagnóstico clínico, laboratorial e diagnóstico por imagem, esses testes podem ser complementares na avaliação do paciente principalmente para a análise de diagnósticos diferenciais. O diagnóstico clínico baseia-se principalmente na apresentação dos sinais e sintomas como: tosse persistente seca ou produtiva, emagrecimento, sudorese, febre e inapetência. O diagnóstico por imagem se baseia em encontrar alterações na radiografia de tórax ou tomografia de tórax podendo também utilizar o PET-CT. Os padrões radiológicos buscados são por exemplo: nódulos, consolidações e alargamento de mediastino. Com relação ao diagnóstico laboratorial é realizado uma pesquisa bacteriológica com uma baciloscopia direta, teste rápido molecular para tuberculose (TRM-TB) e cultura para microbactéria.


Qual esquema de tratamento?


O esquema de tratamento será realizado tanto na doença tuberculosa quanto nos quadros de infecção por tuberculose(latente) para evitar o desenvolvimento e transmissão da doença. Nesse sentido, o tratamento pode ser 100% realizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) gratuitamente. O esquema para a doença tuberculosa tem duração mínima de 6 meses e necessita de acompanhamento de um profissional de saúde tanto para orientações quanto para supervisão da tomada dos medicamentos. O tratamento na fase latente tem a diferenciação na quantidade de medicamentos, o esquema conta com a utilização apenas de isoniazida e isso permite a redução de 60-90% do risco de evolução para a fase ativa.


Referências:

Behr MA, Kaufmann E, Duffin J, Edelstein PH, Ramakrishnan L. Latent Tuberculosis: Two Centuries of Confusion. Am J Respir Crit Care Med. 2021 Jul 15;204(2):142-148. doi: 10.1164/rccm.202011-4239PP. PMID: 33761302; PMCID: PMC8650795.

Horsburgh CR Jr. Priorities for the treatment of latent tuberculosis infection in the United States. N Engl J Med. 2004 May 13;350(20):2060-7. doi: 10.1056/NEJMsa031667. PMID: 15141044.

Ministério da saúde (2022). Tuberculose: tratamento e prevenção. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/t/tuberculose/tratamento-e-prevencao. Acesso em: 10 fev. 2024.

28 visualizações

Commentaires


bottom of page